• Renata Alves

Como elaborar uma excelente Pesquisa de Clima?

Se você chegou até este texto provavelmente tem interesse pelo assunto Pesquisa de Clima e tem curiosidade sobre como criar ou aperfeiçoar esta ferramenta tão importante na gestão das pessoas.


Lá no início da minha carreira, há cerca de 14 anos, cometi um erro muito comum de principiantes na área: vislumbrei a Pesquisa de Clima como solução para problemas comuns do mundo corporativo, como falhas de comunicação, lideranças não preparadas para a função, desorganização de processos, remuneração e oferta de benefícios abaixo da média de mercado. Após apurados os resultados, acreditava que o simples diagnóstico bastaria para promover as mudanças necessárias nas empresas.


Mas o que são os resultados fora de contexto? Um mapa confuso que não te leva a lugar nenhum!


O fim de algumas histórias como essa no passado foi a criação de relatórios que deixaram diretores, lideranças (e até eu mesma!) sem saber o que fazer com aquilo tudo!


Antigamente era comum apenas a aplicação de questionário e é claro que isso evoluiu. Atualmente não se aplica apenas um questionário para identificar o clima e outros aspectos da organização. Mas de nada adianta utilizar APENAS uma boa ferramenta.


Na UP, por exemplo, para fazermos um diagnóstico assertivo utilizamos várias estratégias como nuvem de palavras, entrevistas com a equipe por psicólogos, questionário e muito mais. Dessa forma, nossas entregas contemplam avaliações além daquilo que é dito pela equipe. Tais estratégias, em consonância com o nosso Know-how, permitem inclusive identificar se a necessidade de intervenção é mesmo na gestão das pessoas ou não (pode ser estratégica, financeira, marketing...). O plano de ações que propomos ao final do trabalho refletem todas essas questões.


Acredita que a sua equipe pode ter benefícios com um trabalho como este?


COMO REALIZAR, ENTÃO, UMA PESQUISA DE CLIMA ADEQUADAMENTE?


Open you mind

Pra início de conversa, esteja verdadeiramente disponível para ver a empresa de um modo diferente do que você vê hoje. Não caia na armadilha de propor a Pesquisa de Clima para provar suas impressões. Pode até ser que elas sejam confirmadas, mas esse não pode ser o seu objetivo principal. A Pesquisa de Clima se revela muitas vezes como uma caixinha de surpresas e estreitar o olhar logo no início do processo pode fazer você perder inúmeras informações importantes para a tomada de decisões.


Faça o alinhamento de expectativas com a diretoria

Nunca inicie o trabalho sem o apoio dos decisores. E mais do que isso, não permita que a estratégia seja usada para que a empresa identifique “quem está falando o quê”. A Pesquisa de Clima, quando aplicada corretamente, é anônima. Pode até haver campo para identificar o respondente, mas isso precisa ser uma opção dele. Se no mínimo essa condição não for respeitada, pode ser o primeiro e último trabalho como esse na empresa. As pessoas precisam acreditar que podem se expressar sem serem punidas, e por isso o alinhamento com a diretoria é tão importante. Foque no “o que estão falando” e não no “quem está falando o quê”.


Apresente os resultados

É muito comum o receio da diretoria em assumir o compromisso de apresentar os resultados da Pesquisa da Clima para a equipe por não saber o que será dito. “E se falaram mal de mim? Como vou apresentar isso pra eles?”. Existe formas e formas de apresentar. Mostrar de maneira adequada que existem falhas e agir sobre isso tem muito mais chance de promover retenção de talentos do que ignorar o fato. E tem muita liderança por aí se surpreendendo com avaliação positiva da equipe! É preciso dar voz a ela.


Aja!

Certifique-se que a diretoria realize ações após a entrega do resultado. Não é incomum encontrarmos equipes desmotivadas a contribuir porque já foram feitos trabalhos anteriores e “nada mudou”. A sensação de não ser ouvido é um dos principais gatilhos para a falta de interesse na participação no futuro. E isso não significa fazer tudo o que foi pedido pela equipe, mas, no mínimo, prestar contas. Se não for pra mudar nada, é melhor nem começar esse trabalho!


Por exemplo: o relatório final apresenta uma solicitação forte da equipe para a oferta de benefícios (como plano de saúde e vale alimentação). A empresa talvez não esteja preparada financeiramente para implementar esses benefícios, mas ela pode avaliar a possibilidade e dar um retorno para a equipe em 6 meses. Ou seja: na apresentação dos resultados, a empresa informa o que foi solicitado e avisa que fará uma pesquisa de viabilidade e dará retorno em 6 meses. Após esse período a empresa informa para a equipe se realmente será possível ou não tais benefícios.


Nos clientes da UP os resultados geralmente são apresentados para a equipe através de gráficos e fixados nos quadros de avisos ou enviados em formato digital. Quer saber mais sobre esse trabalho? Fale conosco agora!

Avalie adequadamente

É importante atentar-se à cultura organizacional e às soft skills necessárias para o bom desempenho do trabalho. Mesmo não sendo um projeto de Avaliação de Desempenho, na Pesquisa de Clima é importante pensar nisso.


Imagine que na Pesquisa de Clima o resultado sobre comunicação da equipe foi deficiente, mas não há uma cultura corporativa que estimule isso? Qual ação tomar? Faz sentido responsabilizar a equipe pela falta da competência? Além disso: alguns perfis comportamentais não tem essa competência como essencial para o trabalho porque o melhor desempenho será atividades objetivas, através de outras competências (equipes da área de tecnologia, financeiro, processo, por exemplo, costumam ser menos comunicativas do que equipes comerciais. Essa “deficiência” não necessariamente é um problema). É importante, portanto, avaliar os resultados com foco no contexto.


SEJA PAZ

A Pesquisa de Clima é uma ferramenta que pode auxiliar na integração das pessoas e na transformação de processos. Mas isso só acontece se as expectativas estiverem alinhadas, houver compromisso com os resultados e com as ações e transparência na comunicação. É essencial não deixar de lado o contexto humano, todos nós estamos em constante aperfeiçoamento.


Desejo que você consiga utilizá-la como um degrau, para estar mais perto do sucesso organizacional que constantemente almeja!



 



42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo